O Balcão do Emigrante é uma entidade privada

HISTÓRIAS DO EMIGRANTE

A história do Elvis David

43 anos - Diretor-adjunto - Cossonay , Suíça

A minha história começa como a de muitos portugueses, parti de Portugal a procura de melhores condições de vida e assim assegurar um melhor futuro para minha filha, nós não queríamos que ela tivesse que passar pelas mesmas dores do que eu e a mãe. Escolher uma profissão e a haver tão poucas perspetivas profissionais independente do que área que ela escolhesse.Histórias do Emigrante - Elvis David

Então tomamos a decisão mais difícil, decidimos emigrar e procurar fora de Portugal outras perspetivas profissionais porque as de Portugal não eram muito risonhas e trabalho era quase nulo. Parti de Portugal durante a crise de 2014, quando a troika chegou a Portugal para restruturação da economia do país.

Escolhi a Suíça pela cultura e qualidade de vida, mas também pelo facto de ter um familiar que já residia na Suíça e que me pode acolher durante algum tempo, até encontrar trabalho.

Saí de Portugal, sem nenhuma perspetiva profissional do que irá fazer na Suíça, por isso termos decidido do primeiro a embarcar nesta aventura de emigração seria eu. Felizmente rapidamente encontrei um trabalho e pode acolher a minha família, os primeiros anos não deixaram de ser difíceis, mas aos poucos fomos construindo as nossas raízes na Suíça e não nos vemos a partir. O regresso a Portugal não está nos nossos planos, apesar de ser o nosso país e fazermos questão de irmos lá todos os anos, a Suíça é agora a nossa casa.

HISTÓRIAS DO EMIGRANTE

Partilhe a sua história com a comunidade!