Conselhos para evitar burlas no arrendamento de férias

Início » Artigos » Conselhos para evitar burlas no arrendamento de férias

Este tipo de burlas acabam por norma numa esquadra de polícia.

No entanto para o tentar ajudar a evitar esta situação e a que fique com as férias estragadas partilhamos consigo alguns conselhos.

 

Verifique há quantos anos o anunciante está registado e qual o tipo de comentários feitos nos anúncios.
Muitos sites oferecem a possibilidade de saber há quanto tempo o anunciante promove produtos online. Caso se trate de um utilizador muito recente e sem feedback aumente o nível de alerta. Veja se tem outros produtos e procure saber se existe alguma coerência no tipo de oferta.

Pesquise os contactos dos anunciantes no google.
Veja os resultados e desconfie se nada aparecer, quem faz do arrendamento sazonal uma atividade séria deixa sempre rasto na internet. Pode também utilizar as redes sociais para procurar pelo nome, localidade ou email.

Faça uma comparação de preços em vários sites

Utilize sites profissionais e credíveis no arrendamento sazonal (tais como o Booking, Rentália ou o Homeaway) para fazer um estudo de mercado. Procure perceber quanto pedem por um imóvel com as mesmas características na mesma localização. Se a diferença for significativa desconfie… nenhum arrendatário vai “desvalorizar” o seu produto com boas intenções.

Antes de pagar solicite um documento oficial do imóvel

Se não encontrou indícios de fraude e está na hora de pagar experimente pedir um comprovativo de morada (uma fatura de água, eletricidade, tv cabo, etc…) ao anunciante. Se de facto essa pessoa for a proprietária, ou estiver mandata pelo proprietário, não terá qualquer dificuldade em enviar-lhe esse documento.

Acima de tudo verifique o registo do Alojamento Local.

Se tiver dúvidas não hesite em contactar-nos. Qualquer que seja o seu caso contacte-nos, sem compromisso. O Balcão do Emigrante tem a solução.

partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
outros artigos
dispomos de outros artigos que podem ser do seu interesse

Nomear Representante Fiscal

Sabe se está obrigado a nomear um representante em fiscal? A Autoridade Tributária Portuguesa não se relaciona com os contribuintes residentes no estrangeiro (fora da

ler artigo »