Quero emigrar

Quer emigrar e não sabe por onde começar, quais as condições que o país oferece, qual o custo médio de vida e qual o funcionamento?

Então, o primeiro passo é conhecer as vantagens e desvantagens desse país para que inicie a sua jornada como residente no estrangeiro de forma tranquila, segura e rentável. 

São muitas as razões que nos levam a partir e a lançar-se nesta nova aventura de residir e trabalhar no estrangeiro. Seja para ter uma nova experiência, seja para conseguir ter melhores condições de vida. 

 Viver em outro país, são novos costumes, novas culturas e uma nova língua.Todas estas mudanças são bastantes desafiantes nos primeiros anos de emigração, imagine quando parte sem preparação. As nossas gerações passadas de emigração mostraram-nos como pode ser desafiante emigrar quando partimos sem conhecimento.

a decisão de
emigrar
está tomada

Já sabe qual é o país
para onde quer ir viver?

Conhece o funcionamento desse país, quais as regras a respeitar, qual é o custo médio de vida, quanto tempo pode permanecer nesse país com ou sem trabalho?

Todos os países têm as suas próprias regras e funcionamento. A mudança para um novo país obriga a tratar de vários procedimentos: reunir documentação, resolver pendências, obrigações, local onde vai viver, como se vai deslocar, qual é área de trabalho a que se vai candidatar, qual área de trabalho que procura mais mão de obra, como se passa quando as crianças vão connosco, como faço para inscrever na escola.

Em resumo tudo que deve fazer antes de sair de Portugal e quando chega ao novo país. 

Vou emigrar
o que fazer?

Todos nós temos objetivos e realidades diferentes, para além disso o país para qual quer emigrar tem o seu próprio  funcionamento. Contudo, existem procedimentos que são iguais para todos: 

01

Preparação da partida
e reunir documentação

Esta é uma fase muito importante, está a deixar o seu país para ir viver para um país que ainda não conhece.

Quando temos muitas perguntas sem respostas e sem nenhum conhecimento do que nos espera, pode ser assustador e intimidante.

Partir nunca é fácil, mas quando decidimos avançar de certeza que gostava de saber quais os procedimentos sobre esse país antes de se instalar.

Qual é o procedimento para fazer o pedido de autorização de residência?

Qual é o procedimento para fazer o pedido de autorização de residência?

Como faço para
arranjar uma casa

Qual é o processo de
candidatura a um emprego?

Quais são as
obrigações desse país?

Como posso legalizar
a minha viatura?

Qual é o procedimento de
mudança da carta de condução?

Como funciona a segurança
social e o sistema de saúde?

Qual o processo para inscrever os meus filhos na creche ou escolas?

Nesta fase vai ficar a saber tudo o que deve fazer antes de “abraçar” esta nova aventura de forma tranquila e segura. Por essa razão aconselhamos que comece a se preparar 6 meses antes da data de partida.

02

Quais as burocracias a tratar
em Portugal antes de partir

Toda a nossa vida está aqui, foi aqui que crescemos e alcançamos várias conquistas, estudamos e formamo-nos, adquirimos a nossa independência, compramos casa, constituímos família e criamos a nossa rede de apoio e amigos.

Portugal é a nossa casa.

Como tal, existem vários procedimentos a tratar antes de partir, exportação subsídio de emprego, ter um pé de meia para os primeiros meses

Regularizar o crédito habitação, pois sendo, agora um residente no estrangeiro as condições mudam.

Rendimentos em Portugal, seja através de rendimentos salariais ou rendimentos prediais, é necessário ter um representante fiscal para que o represente junto das autoridades.

Reunir a documentação necessária para a sua inscrição junto das entidades oficiais, como certificados de nascimento e/ou de casamento.

Inscrição das crianças na escola, é necessário equivalências de escolaridade traduzidas e certificadas.

Candidaturas de emprego será necessário os diplomas e certificados de trabalho.

Ou seja, deixar tudo tratado para que possa iniciar
uma nova fase de vida.

03

Preparar a chegada
ao novo país

Está cada vez mais perto de dar o passo de emigrar.
O tempo urge e é necessário tratar das primeiras necessidades para se estabelecer no novo país, arranjar trabalho e uma casa.

Conseguir um trabalho representa a chave do sucesso.
Existem vários passos a dar neste sentido, para que rapidamente encontre um trabalho e a partir daqui começar a organizar a sua residência permanente no país.

Deve antes de mais conhecer a realidade de empregabilidade e qual será atividade em que pode ter mais sucesso de ingressar, qual é o procedimento de candidaturas, quais as línguas exigidas.

Em relação a casa, deve ter em atenção aos custos mas também a segurança, a acessibilidade a transportes públicos de forma a se deslocar rapidamente; no caso das crianças, se existe uma escola na área de residência em que os possa inscrever.

É de extrema importância avaliar todos estes aspetos, para que, por exemplo, evite frustrações e perdas de energia.

Emigrar com profissionais da emigração

Ao seu dispor tem uma equipa que está ao seu lado na sua jornada de emigração. Temos apoiado milhares de portugueses residentes em qualquer um dos 5 continentes.

A partir do momento que começa a sua jornada como residente no estrangeiro no Balcão do Emigrante é atribuído um consultor cuja missão é possibilitar-lhe maior rentabilidade e segurança em qualquer uma das áreas mencionadas. Este será o seu guia em todo o processo.

Aconselhamos a todos os portugueses a participarem na consulta, Quero Emigrar, onde vai esclarecer as suas dúvidas, e ainda receber um plano personalizado para iniciar a sua jornada de emigração, de forma tranquila e segura.

Faça o seu
próprio trajeto

Desenvolvemos um simulador especialmente pensado para quem quer emigrar. Aqui pode desenhar o seu percurso, estabelecendo os seus objetivos. No final, recebe um resumo de todas as ações que deve tratar.

os nossos artigos

Sugerimos a leitura de alguns artigos que podem ajudar a uma melhor compreensão do funcionamento de um pedido de crédito para quem reside no estrangeiro.

Poupar nos impostos durante 10 anos para pensionistas que regressam a Portugal, está a chegar ao fim

regressar-a-portugal
Todas as pessoas que vieram viver para Portugal ao longo do ano de 2023, e que se tenham tornado fiscalmente residentes em 2023, podem ainda pedir o regime RNH até 31 de Março de 2024. 

Ler artigo

Conferência Regressar a Portugal – 1 a 4 de novembro, Valais e Zurique

balcao do emigrante grupo
Dia 1 e 4 de novembro, o evento Regressar a Portugal está de volta. Desta vez no Valais e em Zurique. Saiba tudo para poder participar.

Ler artigo

Programa Regressar – As Novas Alterações

Programa Regressar - as novas alterações
Com o principal objetivo de tornar o Programa Regressar mais célere, rápido e de o alargar ao maior número de emigrantes e familiares dos mesmos, na passada terça-feira, dia 02 de maio de 2023, foi publicada em Diário da República a Portaria n.º 114/2023.

Ler artigo

os nossos clientes

Veja o caso de alguns portugueses que
já ajudamos a construir o seu sonho

Perguntas frequentes

Mediante o país assistimos no encontro de uma instituição de ensino e na matrícula no mesmo. Este serviço só está disponível num país onde tenhamos Balcão.

Mediante agendamento podemos dirigir-nos à segurança social em seu nome.

Assistimos em todo o processo de obtenção do estatuto RNH ou do Programa Regressar, independentemente se regressa a Portugal como pensionista ou em idade ativa. Saiba mais aqui.

Chegou a altura de usufruir da reforma e não tem documentado todos os anos que descontou? A nossa equipa pode assisti-lo a conseguir tudo a que tem direito.

Ao seu lado,
onde quer que esteja!