O Balcão do Emigrante é uma entidade privada

Impostos na Suíça: Diferença entre Tributação Ordinária e Rentenção na Fonte

Início » Artigos » Impostos na Suíça: Diferença entre Tributação Ordinária e Rentenção na Fonte

Os impostos na Suíça podem ser um tema assustador para quem é novo no país, ou simplesmente não tem prestado muita atenção à sua situação fiscal. É no início do ano, que começam a chegar a casa o famoso formulário para o preenchimento da declaração de impostos na Suíça.

Para quem ainda não conhece o sistema fiscal da Suíça, o seu procedimento pode trazer algumas questões. O imposto na Suíça é dividido em 3 categorias, no entanto para particulares o imposto a declarar é sobre rendimentos.

Assim que uma pessoa começa a trabalhar na Suíça, a entidade empregadora procede à inscrição no “Office des Impôts“, que anuncia às entidades competentes a recente contratação de um trabalhador.

Sendo assim, a declaração de imposto sobre rendimento para estrangeiros a residir na Suíça divide-se em:

  • Retenção na fonte;
  • Tributação ordinária.
 

Retenção na fonte:

Os impostos na Suíça são descontados diretamente do salário. Este sistema acontece quando o cidadão estrangeiro tem uma autorização L e B. Os residentes estrangeiros com esta autorização de residência não são obrigados a preencher a declaração de impostos uma vez que já é deduzido no seu vencimento.

Mas existem duas exceções:

  • se tiver um rendimento a partir de 120 mil francos por ano deve ser apresentada uma declaração de impostos e será considerado a tributação ordinária.  
  • se for casado(a) com um cidadão suíço / cidadã suíça ou com um(a) titular de autorização de residência C passa a ter a obrigatoriedade de preencher a declaração de impostos em conjunto.

Tributação ordinária:

É para quem possui uma autorização de residência C ou possui cidadania suíça, está sujeito a tributação ordinária. Ou seja, os impostos não serão deduzidos do salário. O imposto será assim calculado com base na declaração de impostos.

O montante de imposto depende do rendimento, do cantão onde reside, do estado civil e do número de filhos.

Para os residentes que tenham bens tanto em Portugal como na Suíça devem declará-los e o mesmo se aplica para os residentes com autorização de residência B e/ou L.

Correta declaração dos seus impostos na Suíça

Tenha atenção ao declarar os seus impostos na Suíça, porque têm um papel fundamental no orçamento da família, o seu correto preenchimento, traz economias importantes e a regularização tributária. Além disto, fazendo as aplicações corretas poderá conseguir poupar bastante através dos seus impostos. 

A nossa equipa na Suíça pode dar-lhe toda a assistência que necessitar na declaração de impostos nesse país e ainda infromá-lo sobre a correta utilização das deduções e possibilitar uma poupança significativa. Siga esta ligação para a declaração de impostos na Suíça. 

 

partilhar
outros artigos
dispomos de outros artigos que podem ser do seu interesse