O Balcão do Emigrante é uma entidade privada

O que é a taxa variável, taxa fixa e taxa mista?

Início » Artigos » O que é a taxa variável, taxa fixa e taxa mista?

A aprovação do seu crédito habitação vai depender muito deste fator, pelo que após a formalização do processo fica com uma prestação mensal para pagar. Mas afinal como escolher a taxa de juro?

A prestação mensal de um crédito é composta por uma taxa de juro, que pode ser:

  • Variável
  • Mista (um período de taxa fixa, seguido de taxa variável)
  • Fixa

Mas afinal o que é cada uma? E como fazer a melhor escolha?

Qual a taxa a  escolher? Devo apostar na taxa variável para aproveitar o momento?

Tudo depende da situação económico-financeira de cada pessoa no momento em que formaliza o empréstimo. O tipo de emprego, o financiamento necessário, assim como o tempo que pretende manter-se no imóvel, são alguns dos fatores que têm peso na decisão.

Taxa de Juro variável

A taxa variável é calculada pela soma do spread e da taxa Euribor atual (média das taxas de juro praticadas em empréstimos interbancários em Euros por cerca de 25 a 40 dos principais Bancos europeus – podemos consultar aqui as taxas euribor atuais,sendo portanto, um valor de referência a nível europeu.

Como indica o nome, a taxa final é variável, sendo que no início do contrato o banco fixa o seu spread (e este manter-se-á inalterado ao longo do contrato, desde que não existam alterações contratuais – as chamadas vendas cruzadas) e um indexante da Euribor, traduzindo-se num valor mensal a pagar pelo crédito habitação. Com a taxa variável, a sua prestação mensal vai sofrer alterações ao longo do tempo porque a Euribor irá variar ao longo do tempo.

 Exemplo prático

Ou seja, eu contratei um financiamento com um SPREAD de 1.2% em Março de 2019, a Euribor em Março de 2019 (corresponde a Fevereiro) era de -0,369 %, ou seja, fico com uma taxa de juro de = 1.2% + (-0.369) = TAN de 0,831%, sendo a Euribor a cada doze meses atualizada, em março de 2021 a minha prestação irá mudar. A Euribor de Fevereiro de 2021 é de -0,560 %, ou seja, = 1.2% – (+0.560) = TAN = 0.64%. Conclusão: a prestação irá BAIXAR!

Os empréstimos com taxa variável parecem mais atrativos, ainda assim não nos podemos esquecer que a Euribor já esteve próxima de 5% há uma dezena de anos e que, mais cedo ou mais tarde, subirá tal como as prestações dos créditos à habitação. Por outro lado, a taxa fixa permite que a prestação não sofra qualquer alteração ao longo da duração do empréstimo. Mesmo assim, tome atenção ao facto de a taxa mais adequada para si depender sempre da sua situação financeira.

TAXA DE JURO FIXA

Nos empréstimos contratados a taxa fixa, a taxa de juro do empréstimo é sempre a mesma e a prestação não se altera durante o prazo do contrato.

Isto significa que se, entretanto, a taxa de juro Euribor subir ou descer, a prestação do empréstimo com taxa fixa não se altera.

A taxa fixa é um valor sempre igual ao longo do período do contrato, fazendo com que a sua prestação mensal seja sempre a mesma no período determinado.

TAXA DE JURO MISTA

Nos empréstimos contraídos a taxa de juro mista, existem períodos em que a taxa é fixa e outros em que a taxa é variável. Por exemplo, um empréstimo à habitação a 30 anos pode ter uma taxa fixa durante os primeiros 5 anos e uma taxa variável, indexada à Euribor, nos restantes 25 anos.

Assim, é importante saber que na contração de um crédito de taxa fixa vamos pagar sempre a mesma prestação mensal, independentemente da conjuntura financeira. Pode ser um pouco mais elevada à partida, mas não temos surpresas e sabemos sempre com o que contamos.

Se optarmos por um crédito com uma taxa variável temos que estar preparados e conscientes que existe uma forte componente de incerteza.

Não esquecer que a escolha da taxa fixa ou variável pode implicar uma maior ou menor facilidade na atribuição do crédito, e este é também um fator a ter em conta. As operações com taxa variável tendem a ser mais penalizadas pois as instituições financeiras necessitam de acautelar a eventual subida das taxas de juro, prejudicando assim a análise e dificultando a aprovação do crédito.

No Balcão encontra especialistas em crédito habitação que estão disponíveis para analisar o seu caso, pois cada caso é um caso e deve ser analisado como tal. Pode fazer a simulação gratuita do seu crédito habitação aqui.

partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
outros artigos
dispomos de outros artigos que podem ser do seu interesse