Recebeu Notificação das Finanças?

Início » Artigos » Recebeu Notificação das Finanças?

Saiba que se recebeu uma notificação das Finanças pela VIACTT, ao fim de 5 dias consecutivos será considerado notificado. Isto quer dizer, que mesmo que não tenha visto a mensagem, a notificação será considerada efetuada, ou seja passou a ser conhecedor do conteúdo.

Neste sentido, deve ter especial atenção à sua caixa de correio eletrónica, para não correr o risco de incumprir algum prazo. 

A ViaCTT é obrigatória em empresas, a partir do momento em que são constituídas e pessoas particulares que tenha atividade aberta nas Finanças e que estão obrigadas a entregar declarações de IVA.  No caso de se tratar de particulares sem esta obrigação, a notificação é normalmente realizada através de correio registado na sua morada fiscal.

Que tipo de notificações recebe pela VIACTT?

Por esta via receberá informação dos prazos e valor de pagamento, coimas, assim como outra informação relacionada com os impostos a que está sujeito ou situações de incumprimento. A título de exemplo, receberá notificações relativas ao IRS, IVA, IUC e IMI.

Qual o objetivo destas notificações?

 Por esta via receberá informação dos prazos e valor de pagamento, coimas, assim como outra informação relacionada com os impostos a que está sujeito ou situações de incumprimento. A título de exemplo, receberá notificações relativas ao IRS, IVA, IUC e IMI.

Que coimas são aplicadas em caso de incumprimento?

O valor das coimas em contra-ordenação tributária são classificadas como simples quando o valor não excede os 15.000€ e como grave quando o valor seja superior a 15.000€. Existem vários tipos de coimas fiscais, no entanto vamos apresentar algumas das mais comummente aplicadas em Portugal, em situações de contra-ordenação fiscal a particulares.

Coimas da Autoridade Tributária a particulares

Estas são algumas das coimas mais comuns da Autoridade Tributária portuguesa a particulares, e respetivos valores a restituir nos casos de incumprimento. 

A coima tem um valor mínimo de 150€ e um valor máximo de 3.750€.

A coima tem um valor mínimo de 200€ e um valor máximo de 10.000€.

A coima tem um valor mínimo de 375€ e um valor máximo de 22.500€.

A coima tem um valor mínimo de 75€ e máximo de 37.500€.  Tenha em atenção que embora recomendável, a obrigatoriedade de nomear representante fiscal depende do país em que reside. Veja mais neste artigo. 

A coima tem um valor mínimo de 150€ e máximo de 3.750€.

É possível reduzir a coima?

Existe sim, a possibilidade de redução do valor da contra-ordenação aplicada. Tenha em atenção que a redução da coima não será possível em todos os casos e é aconselhado recorrer a um especialista em fiscalidade para aumentar a possibilidade de sucesso.

A próxima vez que receber uma notificação das finanças, já sabe como proceder e tenha sempre em atenção os prazos dos suas obrigações fiscais em Portugal. Se surgir alguma dúvida, contacte um dos Balcões do Emigrante e terá o apoio de um consultor. 

partilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
outros artigos
dispomos de outros artigos que podem ser do seu interesse