O Balcão do Emigrante é uma entidade privada

As diferenças entre emigrante, imigrante e migrante

A migração é um fenómeno inerente à condição e história humana, complexo e que engloba diferentes experiências e perspectivas. Nesta temática surgem obrigatoriamente três termos: “emigrante”, “migrante” e imigrante, que muitas vezes são utilizados como se referindo ao mesmo significado, no entanto eles têm diferenças entre si. Neste artigo, vamos explorar esses termos e perceber quais as diferenças entre si. 

Quais são as diferenças entre migrante, emigrante e imigrante? 

Sim, existem diferenças entre migrante, emigrante e imigrante e vai conhecer quais são neste artigo. 

Vamos começar pelo termo “emigrante”, sendo uma pessoa que deixou o seu país de origem para residir noutro país. Surge do verbo emigrar que significa deixar o seu país natal. Vamos imaginar a seguinte situação: um português que deixa Portugal para viver na Alemanha é considerado um emigrante. Em suma, um emigrante é um cidadão que tem o objetivo de deixar o seu país para residir noutro, de forma permanente ou por um período de tempo prolongado. 

Um “imigrante” por sua vez é uma pessoa que está a entrar num país que não é o seu país natal, com o objetivo de lá residir de forma permanente ou por um período de tempo prolongado. Esta palavra surge do verbo imigrar que significa entrar em um país estrangeiro. Imagine esta situação: um brasileiro que vem residir para Portugal é considerado imigrante.

Conseguimos desde já perceber que a diferença entre emigrante e imigrante depende essencialmente da perspetiva com que é analisado. Neste sentido, uma pessoa pode ser simultaneamente um emigrante e um imigrante. Imaginemos esta situação, um português que partir de Portugal para o Canadá, é considerado emigrante para Portugal e imigrante para o Canadá.

Finalmente, um migrante é alguém que se desloca de um local para outro, independentemente se é dentro ou fora do seu país. Esta palavra surge do verbo migrar cujo significado é deslocar-se de um local para o outro. A título de exemplo, alguém que se mudou de Viseu para Braga é considerado um migrante. 

Em nota de conclusão, os termos emigrante, imigrante e migrante têm significados próprios e descrevem diferentes momentos ou perspectivas da migração. Um emigrante é uma pessoa que deixou o seu país natal, um imigrante entrou em um país estrangeiro e um migrante que se desloca de um local para o outro. Compreender as diferenças entre emigrantes, imigrantes e migrantes é importantíssimo para melhor compreender a migração e das pessoas que a compõem.  

O Balcão do Emigrante

O Balcão do Emigrante é uma instituição privada que foi criada por e para emigrantes. Surge como apoio à jornada dos portugueses fora do seu país e possibilita o encontro de soluções migratórias, fiscais e financeiras. Saiba como nos pode contactar.

PARTILHE ESTE ARTIGO
OUTROS ARTIGOS
dispomos de outros artigos que podem ser do seu interesse